DestaqueNotíciasPombo

Coluna do Pombo 31/05

Eu pedi numa comissão
Ao querido “Seo” João
Que aumentasse meu patrimônio
“Seo” João disse que não, patrimônio, patrimônio…
Isto é lá com “Seo” Antônio
Implorei a “Seo” João
Desse ao menos um cartão
Que eu levava à “Seo” Antônio
“Seo” João ficou zangado
“Seo” João só dá cartão
patrimônio, patrimônio
Isto é lá com “Seo” Antônio
“Seo” João não me atendendo
A “Seo” Pedro fui correndo
Nos portões do parque paraíso
Disse o velho, num sorriso
“Minha gente, eu sou chaveiro”
“Nunca fui um empreiteiro”, e para tu não tenho dinheiro
e nas festas juninas de mexerica da serra, o Arraial do massaranduba tem a barraca do milho “mais maior de grande”… E numa atitude nada caraíba, seu amigo pindaíba, já pede olhando para o milho mais maior de grande, com a boca salivando, todo tronxo e todo feio já pede um milhão e meio… massaranduba e pindaíba em outra atitude nada caraíba na formação de sua quadrilha já começam a dançar e cantar: “ será que nesse arraial fora do normal essa quadrilha vai estar bem ou vai acabar no pau de cebo.

Pois é, se a gente que é pombo não fala

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *